Celebrar a vida:exemplo de boa prática!


A vida é uma expressão que guarda múltiplas definições, podendo ser estudada sobre diversas dimensões. No entanto, independente da condição de vulnerabilidade em que um sujeito se encontra, a postura de promoção à vida, entendida como a promoção de bem estar, deve ser um compromisso diário de cada um de nós. O relato que trago hoje se refere á duas atividades promovidas em um hospital público de Belo Horizonte, onde os usuários que fazem aniversário enquanto se encontram internados recebem a visita da equipe multidisciplinar para celebrar a vida, recebendo além do tradicional "parabéns para você", uma mensagem motivacional e um cupcake. Para o usuário esta ação impacta positivamente por perceber que para a equipe, ele é importante por inteiro e que estão todos investidos em confirmar que sua vida é importante. Ainda com o mesmo objetivo, os pacientes com longo tempo de permanência na instituição, realizam diversas atividades lúdicas e artesanais. Estas ações simples, descritas pelas acadêmicas de enfermagem Géssica Cristina da Silva Lima e Nathália Carvalho Oliveira se justificam porque "Os pacientes hospitalizados encontram-se diante de um momento de ruptura com as atividades do cotidiano, o que, por sua vez, gera conflitos e sentimentos como a solidão, medo e insatisfação com novas regras e horários. O desenvolvimento de atividades lúdicas e artesanais busca propiciar o preenchimento dos períodos de ociosidade, bem como favorece a interligação com a equipe multidisciplinar e familiares, potencializando a comunicação e ajudando no entendimento da situação vivenciada. Tais atividades contribuem de forma significativa para o desenvolvimento do indivíduo, auxiliando não só na aprendizagem, mas facilitando também o processo de interação social e a construção do pensamento/conhecimento. Sendo assim, são essenciais para melhorar a qualidade de vida dos pacientes hospitalizados." Ter a clareza de que, além de manter o sujeito conectado à vida guarda em si um valor terapêutico, a realização de tais atividades contribui para a formação de profissionais mais sensíveis e empenhados na busca pelo desenvolvimento de uma assistência mais humanizada. Celebrar a vida é indiscutivelmente uma boa prática!


Featured Posts
Posts em breve
Fique ligado...
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square